Mercado de testes laboratoriais de HbA1c é impulsionado por crescimento da população diabética

O mercado mundial de testes laboratoriais de HbA1c deve crescer em um ritmo significativo nos próximos anos, impulsionado pelo aumento da prevalência de diabetes, aumento dos pedidos de testes de HbA1c por médicos, baixo custo dos testes e crescimento da percepção dos riscos associados com altos níveis de diabetes. Esses são os principais pontos encontrados por uma pesquisa feita pela Transparency Market Research (Albany, NY, USA), um provedor de dados de mercado da próxima geração.

O termo HbA1c corresponde à hemoglobina glicada. A HbA1c é gerada quando uma hemoglobina proteica presente nas células sanguíneas vermelhas que transporta oxigênio pelo corpo se junta com a glicose do sangue, sendo chamada nesse caso “glicada”. Esse teste é feito em pessoas com diabetes dos tipos 1 e 2. A faixa normal de HbA1c deve ficar abaixo de 6%. A HbA1c também é conhecida como hemoglobina glicosilada. A medição da HbA1c ajuda médicos a obter um panorama claro dos níveis médios de açúcar no sangue presentes em períodos de semanas ou meses.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde e a Federação Internacional de Diabetes, cerca de 422 milhões de pessoas tinham diabetes em 2014. A prevalência global de diabetes tinha subido de 4,7% em 1980 para 8,5% em 2014. O mercado mundial de testes laboratoriais da HbA1c deve crescer devido ao aumento da população diabética, do aumento da quantidade de testes laboratoriais da HbA1c e dos avanços tecnológicos.

Adicionalmente, um grande número de empregadores ao redor do mundo iniciou programas de bem-estar em suas empresas, programas esses que garante testes médicos de rotina para os empregados com o objetivo de manter a produtividade geral e a eficiência na alocação de recursos humanos. Estas iniciativas, que em alguns casos incluem tanto o pagamento dos testes como o tratamento dos empregados pelos empregadores, aumentaram significativamente a demanda em laboratórios de análise, com respectivo incremento de receitas. Além disso, esses programas de bem estar têm um papel importante na restauração da produtividade geral nos casos de doenças infecciosas, que tendem a afetar um grande número de pessoas simultaneamente.

Máteria publicada no site www.labmedica.com (link para matéria original).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.